14 de ago de 2015

A inveja te olha dos pés a cabeça procurando algum defeito

deixando o melhor de mim
Quem te apunhala pelas costas já te conheceu de frente, já teve o prazer de saber a sua força, já teve a decência de conhecer os seus sentimentos, já teve a felicidade de conviver com você e receber o seu respeito e o seu amor. Quem te apunhala pelas costas não tem a coragem de olhar nos seus olhos, porque bem sabe que o seu ato será sempre o ladrão da sua paz e a razão da sua dor.

Texto: Cecilia Sfalsin

Créditos do card:
Que saudade de você